Blog

O que determina a qualidade do Óleo Essencial de Lavanda?

Fatores que influenciam na qualidade do Óleo Essencial de Lavanda

Quimicamente falando, todos os grandes produtores de Lavanda oferecem seu produto, o óleo, acompanhado de laudo de análise química. Lá estão quantificados os diversos componentes bem como sua concentração. Isto tem influência no valor final do litro do produto. Conforme a finalidade, o óleo proveniente de um tipo de Lavanda bem como de uma determinada região pode ser preferido.

Mas o que é qualidade?

Um mesmo Óleo Essencial possui a capacidade de produzir diferentes efeitos em cada organismo. O óleo essencial é a verdadeira alma da planta. Desta forma, a qualidade dele está ligada à sua integridade, ou seja, à presença de todos os seus cerca de 170 componentes.

A Variedade de Lavanda utilizada

A qualidade do óleo essencial varia de acordo com a espécie de Lavanda utilizada. A Lavandula angustifolia ou Lavanda inglesa, por exemplo, é variedade que proporciona o óleo de melhor qualidade para a perfumaria. Enquanto isso, a Lavandula dentata, a mais difundida em solo brasileiro, produz óleos essenciais preferidos para uso em massagem por ser mais refrescante que o primeiro.

O clima e modo de cultivo

Cada espécie possui suas peculiaridades quanto a clima e modo de cultivo ideal. Conforme forem atendidos os critérios de cada variedade, maior qualidade terá seu produto final. Prova disso é que a Lavanda cultivada tem melhor rendimento e qualidade do que a Lavanda selvagem.

A Idade da planta

Plantas que estão entre os 4 e os 7 anos de idade têm melhor rendimento quanto a quantidade e qualidade de óleo essencial. Por este motivo,nas fazendas de lavanda, ocorre o rotacionamento, com replantio periódico de mudas, para que a maior parte delas esteja nessa faixa de idade.

O Tempo da colheita até a extração

A destilação deve ocorrer em até 48 horas depois de colhida a planta. Quanto mais rápido for o intervalo entre a colheita e a destilação melhor será o óleo. A partir daí, as propriedades naturais da Lavanda começam a se perder.

O Processo de Extração

No processo de destilação da Lavanda, a escolha entre qualidade e quantidade é de fundamental importância.

Para se obter Quantidade

Alta temperatura e alta pressão garantirão um rendimento de grande quantidade. Entretanto, os componentes do óleo são sensíveis a temperatura e a pressão. Dessa forma, se o processo for realizado com alta temperatura, haverá um bom rendimento no que diz respeito a quantidade, mas haverá a perda de componentes, e consequentemente, de qualidade.

Para se obter Qualidade

Ao contrário da produção focada em quantidade, para se ter qualidade na essência é necessário que ela seja obtida lenta e gentilmente da planta. Com temperatura e pressão moderadas, as propriedades do óleo serão preservadas, resultando num óleo essencial de melhor qualidade.

Nosso óleo essencial de Lavanda é produzido seguindo os mais elevados padrões de qualidade, tanto química como de extração, a partir de plantas originárias da Bulgária.

🌿Viva bem, viva Aloha🌿

Disponível em http://bit.ly/LojaAlohaElianete

Conte com o Óleo essencial Peppermint Aloha

Precisando de mais energia para encarar a segunda-feira e começar bem a semana?

Conte com o Óleo essencial Peppermint Aloha!

peppermint

Com propriedades energizantes, é ideal para despertar a atenção e melhorar o alto astral de forma 100% natural com apenas algumas gotinhas 💦 no difusor ou na palma das mãos para inalação direta. Use no no trabalho, na escola ou até para para aproveitar bem uma viagem! 📝🖋✈️🌎

A Mentha Piperita proporciona um leve frescor par ao ambiente e atua como estimulante mental, além de ajudar a reduzir desconfortos musculares e de cabeça.

Sinta o aroma revigorante do Óleo essencial Peppermint Aloha!

🌿Aloha. Essencial é viver bem! 🌿

Disponível em http://bit.ly/LojaAlohaElianete

Reunião com CEO ALOHA

Janeiro, 29 – Reunião com CEO Aloha Pacall

O ano 2020 começou com vários eventos onde demonstramos os produtos Aloha e os convidados puderam experimentá-los e fechamos janeiro com reuniões na Sede Aloha em Campinas/SP.

Iniciamos com confraternização, seguimos com uma reunião super energética, produtiva com o Pacall, planejamos os eventos mensais, ajustes em processos com o Elite Ariel Jr, e estratégias com o Felipe, diretor comercial. Finalizamos com o encontro com a Priscila Martins e demais colaboradores Aloha.

Pacall
Eu com o CEO Aloha Pacall
Priscila
Empreendedores com Priscila Martins e Pacall
Ariel
Empreendedores com Ariel, Elite Aloha
Pacall
Empreendedores com Pacall
Felipe
Conselho para eventos em SP com diretor comercial, Felipe.

Curta o sol mas proteja sua pele

curta o sol

O verão chegou

Curta o sol mas proteja a sua pele

A pele representa 15% do peso do corpo humano e tem como principal função a proteção do organismo.

Desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia promove a ação Dezembro Laranja que faz parte da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele.

Esse é o tipo da doença mais incidente no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos ao ano. Quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura.

Alguns cuidados são importante para prevenir o Câncer de Pele, como evitar o sol nos horários entre as 10 e 16 horas; usar protetor solar, bonés e chapéus. Previna-se!

🌿Viva Bem. Viva Aloha! 🌿

Disponível em http://bit.ly/LojaAlohaElianete

Pré-lançamento do óleo essencial Aloha Ability

Pré-lançamento do óleo essencial Aloha Ability

Ability é óleo essencial exclusivo Aloha foi desenvolvido para auxiliar os indivíduos portadores do TEA (Transtorno do Espectro Autista) de forma 100% natural. Trata-se de uma sinergia de óleos essenciais cuidadosamente selecionados para estimular a interação, comunicação e concentração das crianças com TEA.

Saiba agora como usar este blend de óleos essenciais desenvolvido pela Aloha:

SIM! Tenho interesse no blend Ability

Mundo Verde adquire marca de cosméticos naturais Aloha

O Mundo Verde, rede especializada em alimentação saudável, anunciou a aquisição de 100% da Aloha, empresa de óleos essenciais e cosméticos naturais. A aquisição é a 2ª realizada pela varejista em um período de dez meses. O Mundo Verde ampliará seu portfólio de produtos naturais e passará a comercializar os cosméticos da Aloha em suas mais de 400 lojas em todo o país, além dos seus e-commerces.

A Aloha foi fundada em 2017 pelo empresário Carlos Wizard Martins, em sociedade com suas filhas Priscila Martins e Thaís Martins.

Em pouco mais de dois anos de existência, formou uma rede de 10 mil consultores, que comercializam seus produtos por meio da venda direta em todo o Brasil. A companhia trabalha com cinco linhas principais: óleos essenciais, facial, fragrâncias, cuidados pessoais e nutrição.

Para Carlos Wizard Martins, a aquisição será benéfica para o crescimento das duas marcas. “A força de distribuição do Mundo Verde complementará o excelente trabalho que vem sendo feito pelos consultores Aloha e fará com que os produtos da marca cheguem a um número ainda maior de consumidores. Acreditamos que esse movimento tem o potencial de fazer a Aloha crescer dez vezes nos próximos cinco anos, atingindo um faturamento de R$ 200 milhões”, afirmou.

De acordo com Charles Martins, CEO do Mundo Verde, a compra da Aloha é mais um movimento estratégico feito pela rede tendo em vista ampliar seu portfólio de produtos e canais de distribuição. No final de 2018, a rede adquiriu a Natue, maior plataforma de comércio eletrônico de produtos naturais do Brasil, com faturamento de R$ 18 milhões em 2017.

“O crescimento via aquisições é uma das estratégias que definimos para o Mundo Verde. Por serem dois negócios da carteira de investimentos do grupo Sforza, e que atuam sob o mesmo conceito de saudabilidade, acreditamos que a união das duas operações faz total sentido. Além disso, trará mais benefícios ao cliente Mundo Verde, que passará a contar também com os óleos essenciais e cosméticos de ponta da Aloha”, explicou.

Com a aquisição, João Carlos Pacall, atual COO do Mundo Verde, assumirá o cargo de diretor geral da Aloha, enquanto Willian Alexandrino assume como diretor de marketing da rede de cosméticos, com a missão de ampliar a visibilidade e penetração da marca em nível nacional.

O Mundo Verde faturou R$ 580 milhões em 2018 e a estimativa é encerrar 2019 com crescimento de 25% em receita, além de 450 lojas. O portfólio da rede conta, atualmente, com mais de 3 mil produtos voltados para a saudabilidade. Diariamente, as lojas da varejista recebem mais de 120 mil consumidores.

Aloha apresenta Diretor de Marketing

A Aloha apresenta novo diretor de Marketing, Willian Alexandrino.

Willian Alexandrino chega com a missão de estruturar a área, e pretende quadruplicar o número de empreendedores e o faturamento da companhia até o fim de 2020.

Aloha, empresa de cosméticos naturais, anuncia Willian Alexandrino como diretor de marketing. O executivo chega com o objetivo de estruturar o departamento e planeja quadruplicar o número de empreendedores e o faturamento da companhia até o final de 2020. Além disso, Alexandrino comenta que a Aloha pretende investir em parcerias estratégicas, projetos colaborativos e em um marketplace.

Ao longo de sua carreira, o profissional atuou como gestor de produção do Balé da Cidade de São Paulo, foi produtor executivo no IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa), professor no Senac/SP e coordenador do curso Economia Criativa, Crowndsourcing e Startups, da ESPM.

Confira a publicação do site Meio & Mensagem – 1 de agosto de 2019 – 16h41

Nova Aloha Express em São Paulo

A Aloha tem o prazer de anunciar a abertura de mais um centro de distribuição dos seus produtos. Nova Aloha Express na cidade de São Paulo/SP.

Empreendedores Aloha da cidade de São Paulo e arredores, agora poderão retirar os seus produtos diretamente na Aloha Express, em horário a combinar diretamente com a Elianete, agilizando o recebimento dos produtos, garantindo seus pontos, sendo pipeliner, facilitando suas vendas por possuir pronta entrega ou rápida retirada.

Aloha Express Elianete

A Aloha Express visa atender aos empreendedores garantindo rapidez eficiência e qualidade em suas vendas, com redução do custo, apoiando aos revendedores que poderão adquirir os produtos sem pedido mínimo, não necessitando assim alto investimento em estoque no início do seu negócio.

Quer conhecer mais sobre a modalidade Express? Contate a Elianete que lhe explicará como você também poderá abrir a sua e alavancar seu negócio.

A Elianete Vieira, carioca que escolheu São Paulo há mais de 25 anos, atuou em empresas de informática, telecomunicações, editorial e hoje é uma das empreendedoras fundadoras da Aloha Life Internacional. – “Depois de conhecer os produtos naturais com formulação à base de óleos essenciais que não me causam crises de rinite, me apaixonei. Depois de conhecer os óleos essenciais e começar a estudar aromaterapia, me sinto muito mais saudável e percebi minha missão de levar qualidade de vida para os amigos.”

Conheça mais os produtos Aloha aqui.

Você pegou a senha?

Você pegou a senha?

É claro que uma empresa com processos bem definidos ganha em eficiência, e ser eficiente é fundamental para que qualquer negócio dê certo. O problema reside em olhar somente para o seu próprio mundo e se esquecer de focar no mais importante: o cliente.

Todo empreendedor precisa de discernimento para decidir quais são as prioridades de sua empresa.  É comum que, principalmente, os iniciantes fiquem confusos sobre como e onde empregar suas forças e acabam dedicando muito tempo desenvolvendo processos, colocando o foco na organização. É claro que uma empresa com processos bem definidos ganha em eficiência, e ser eficiente é fundamental para que qualquer negócio dê certo. O problema reside em olhar somente para o seu próprio mundo e se esquecer de focar no mais importante: o cliente.

Compartilho uma experiência recente que vivenciei e ilustra bem esse conceito. Participei de um evento em São Paulo e solicitei à minha secretária que fizesse reserva em um hotel. No dia seguinte quando fui tomar o café da manhã, comecei com um copo de suco, frutas e algumas nozes. Depois caminhei até o local onde os hóspedes pediam o prato quente. Como faço habitualmente pedi dois ovos fritos. A moça que me atendeu perguntou se eu retirado uma senha.

Olhei para trás e não havia uma fila. Eu era a única pessoa ali. Respondi que não havia retirado a senha. Ela me disse: você precisa pegar uma senha. Pegar senha? Onde?, perguntei. Pode pegar com aquele rapaz.

Fui até o rapaz e pedi uma senha para dois ovos fritos. Ele me entregou um cartão com o número 23. Voltei ao primeiro local e entreguei a moça. Ela perguntou: como você gostaria dos ovos? Expliquei que gosto de ovos estrelado, ou seja, não gosto da gema dura. A jovem respondeu: Ok, logo o garçom vai entregar em sua mesa. Olhei ao meu redor mais de 30 mesas no restaurante e questionei: mas como ele vai me encontrar? Sem hesitar ela respondeu. Pela senha. Eu tive que rir.

Voltei para minha mesa, coloquei a senha bem visível na mesa e naquele instante eu tinha apenas uma certeza: tomaria meu café da manhã sem comer os tais ovos estrelados. Como sou minucioso, resolvi cronometrar quanto tempo levaria para os ovos chegarem à mesa. Cinco minutos, dez minutos, quinze minutos e nada. Nessas alturas eu já havia perdido o apetite pelos ovos estrelado. Tomei um iogurte e resolvi sair. Na porta um funcionário de terno me cumprimentou com a pergunta: o senhor ficou satisfeito com nosso atendimento? Essa era a oportunidade que precisava para expressar minha insatisfação com o serviço. Falei ao gerente: Já estive em mais de 40 países e essa é a primeira vez que para pedir dois ovos fritos eu precisei pegar uma senha. Para minha surpresa o gerente respondeu: Mas tem uma explicação! Agradeci a boa vontade, mas respondi que não queria ouvir a explicação.

Eis um exemplo perfeito de uma organização focada em processos internos e não na satisfação do cliente. As empresas que alcançam o sucesso são aquelas que entendem quem seu ativo mais valioso é o cliente e, sendo assim, sabem que é preciso conhecê-lo e proporcionar a ele uma experiência capaz de gerar satisfação e fidelização. Os consumidores estão cada vez mais exigentes. Eles não aceitam ser apenas mais um – buscam empresas que ofereçam produtos e serviços que, de fato, estejam de acordo com os seus hábitos, que respeite a sua individualidade, que se adequem e atendam aos seus anseios. Ou seja, empresas que tenham foco no cliente!

Fonte: Isto é Dinheiro – 10/04/19 – 15h20

Lavanda pode substituir drogas pra ansiedade, diz a ciência

Lavanda pode substituir drogas pra ansiedade, diz a ciência

Por A Grande Arte de Ser Feliz em 26 de outubro de 2018

A lavanda realmente relaxa! Cientistas japoneses descobriram que a flor perfumada pode ajudar as pessoas a relaxar e ser uma alternativa mais segura às drogas ansiolíticas.
Pesquisadores da Universidade de Kagoshima demonstraram que ratos que foram expostos ao aroma da flor tinham menos sinais de ansiedade. O estudo foi publicado na revista Frontiers in Behavioral Neuroscience.
Os cientistas descobriram que o cheiro do composto de lavanda vaporizado ajudaria o rato a relaxar. Ela tem Linalol, que faz desencadear “sinais olfativos” que levam ao relaxamento.

“Como em estudos anteriores, descobrimos que o odor de linalol contido na Lavanda tem um efeito ansiolítico [anti-ansiedade] em camundongos normais”.

“Na medicina popular, há muito se acredita que compostos odoríferos derivados de extratos de plantas podem aliviar a ansiedade”, disse o co-autor do estudo, Hideki Kashiwadani.

Mais seguro

O arbusto roxo pode ser uma alternativa mais segura às pílulas para dormir, sugere o estudo.
Os benzodiazepínicos contidos nos remédios para dormir têm sido associados a uma série de efeitos colaterais, incluindo problemas de memória, crescimento da mama masculina e até mesmo defeitos congênitos.
O Xanax e Valium, entram na corrente sangüínea através das vias aéreas e depois têm um efeito direto sobre os receptores das células do cérebro, conhecidos como GABAARs.
Mas quando os camundongos foram pré-tratados com o medicamento flumazenil, que bloqueia as drogas, eles não experimentaram nenhum efeito calmante.

“Quando combinados, esses resultados sugerem que o linalol não atua diretamente nos receptores GABAA, como fazem os benzodiazepínicos”, explicou Kashiwadani.

“Mas deve ativá-los através de neurônios olfativos no nariz, a fim de produzir seus efeitos relaxantes”.

“Nosso estudo também abre a possibilidade de que o relaxamento visto em camundongos alimentados ou injetados com linalol poderia, de fato, ser devido ao cheiro do composto emitido em sua respiração exalada.”

Ele acrescenta que mais pesquisas são necessárias para determinar a segurança e eficácia do linalol quando tomadas através de diferentes rotas antes que ele possa ser testado em seres humanos.

“Esses resultados, no entanto, nos aproximam do uso clínico do linalol para aliviar a ansiedade”, acrescentou Kashiwadani.

Acalma na cirurgia

A lavanda também pode ser usada para acalmar os pacientes antes de cirurgias ou aqueles que lutam para tomar medicação, como crianças ou idosos.
Em cirurgia, por exemplo, o pré-tratamento com ansiolíticos pode aliviar o estresse pré-operatório e, assim, ajudar a colocar os pacientes sob anestesia geral de forma mais suave.
O linalol vaporizado também pode fornecer uma alternativa segura para pacientes com dificuldades de administração oral ou supositório de ansiolíticos, como lactentes ou idosos confusos.

Até 40 por cento das pessoas sofrem de ansiedade em todo o mundo em algum momento de suas vidas.

Essa matéria foi publicada no site A Grande Arte de Ser Feliz. 26/10/18